• Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

© 2016 por SF Produções

Roseira

A cidade nasceu e cresceu junto à Estrada Real ,entre Pindamonhangaba e Capela Nossa Senhora, hoje Aparecida.
Formou-se o bairro de Roseira Velha, nome originado das roseiras, tipo trepadeiras(rosa-brava e rosinha mariquinha), plantadas ao longo das cercas dos quintais.
No período entre 1770 e 1840, a região foi ocupada por grandes engenhos de cana-de-açúcar e mais tarde, com a introdução da cultura do café, tornou-se importante produtora. Com o declínio dessa atividade, os proprietários rurais dedicaram-se à pecuária leiteira e à cultura do arroz. 
Com a implantação, em 1878, da Estrada de Ferro Central do Brasil, reuniram-se diversos fazendeiros da região com engenheiros da ferrovia, a fim de localizar uma estação de embarque,prevalecendo a oferta de terreno de propriedade de Pedro Leme, conhecido por Major Victoriano de
Barros, por intermédio de seu amigo Dino Bueno.
No local da estação mandou abrir ruas e construir igrejas, constituindo o Bairro da Roseira.O povoado cresceu em torno da Capela do Rosário, hoje Igreja de Nossa Senhora da Piedade. Com a inauguração, em 1877, da Estação da Estrada de Ferro, defronte ao povoado, surge um novo núcleo urbano, o de Roseira Nova. Torna-se vila em 1910, e cidade em 1959.
Em 1933, substituindo o plantio de café com o leite, foi fundada a Cooperativa de Laticínios de Roseira, a mais antiga do interior paulista.

Fonte: http://cidades.ibge.gov.br/

O que visitar:

Matriz Sant´Ana – Mosteiro da  Sagrada Face – Ecomuseu Fazenda Boa Vista.

 

Calendário dos principais Eventos:

Ainda não disponível

 

Onde comer:

Ainda não disponível

 

Onde dormir:

Ainda não disponível

 

Vídeo:

Ainda não disponível

 

Revista:

Ainda não disponível

 

Parceiros locais:

Ainda não disponível