Caçapava

CAÇAPAVA - IGARATÁ - JACAREÍ - JAMBEIRO - PARAIBUNA

SANTA BRANCA - SÃO LUIZ DO PARAITINGA - TAUBATÉ

RT Rios do Vale 2.jpg

No médio curso do rio Paraíba, em 1705, no local denominado caa-çapaba, do tupi caa=mato e çapaba=clareira, vereda, estabeleceu-se o fazendeiro Paulista, 
Jorge Dias Velho, que auxiliado pela sua mulher, Sebastiana de Unhate, construiu uma capela em louvor a Nossa Senhora da Ajuda. 
Permitiu Dias Velho que, em torno da capela, fossem fixando-se outros moradores, constituindo um povoado, elevado à freguesia em 1813, subordinada a Taubaté. 
O centro tornou-se um ponto de dispersão de bandeiras porque daí partiram desbravadores e fundadores de cidades, como Francisco Barreto Leme do Prado, descendente de Jorge Dias Velho, que veio ser o Fundador de Campinas, ou Capitão Tomé Portes Del Rei, fundador de São João Del Rei, em Minas Gerais. Outros dirigiram-se para os sertões mineiros ou de Goiás em busca de terras e metais. 
A partir de 1842, por questões de desavenças políticas o povoamento se deslocou alguns quilômetros além de Caçapava- velha, em sítio mais próximo do rio Paraíba, na fazenda do Cel. João Dias da Cruz Guimarães, que doou terras para construção de outra capela sob o orago de São João Batista. 
Nessa nova localidade o Capitão João Ramos da Silva, com o apoio do Capitão João Lopes Moreira e o Major Francisco Alves Moreira, cuidou para o desenvolvimento de Caçapava, que, em 1855, foi elevado à categoria de Vila, chegando já em 1875, à cidade, passando a capela de São João Batista a ser a Matriz da paróquia de Nossa Senhora da Ajuda. Para isso muito contribuiu a maior proximidade do caudaloso rio Paraíba, que, ao mesmo tempo em que constituía uma via de comunicação com os outros centros, oferecia alimento para os habitantes de Caçapava. 

 
Pq. Ecologico
Pq. Ecologico

Passeio ideal para quem gosta de interagir com a natureza. O espaço conta com um centro de educação ambiental e uma área de proteção ambiental, onde é possível conhecer a mata, através de caminhada e trilhas às margens do rio Paraíba do Sul. O local conta ainda com oficinas de artesanato. Foto: Aniello de Vita - Expressão Studio

press to zoom
Alambique do Atenor
Alambique do Atenor

A fazenda que antes era produtora de leite, a partir dos anos 70 torna-se alambique. O visitante vai conhecer todo o processo de produção da cachaça, desde o plantio da cana até o armazenamento do produto. Também pode degustar vários tipos de cachaças e batidas, em um espaço rústico especialmente dedicado ao visitante. Foto: Aniello de Vita - Expressão Studio

press to zoom
Rancho Irmãos Coelho
Rancho Irmãos Coelho

O local reúne uma série de atrativos. O visitante poderá desfrutar da típica comida mineira feita no fogão à lenha, visitar a mini fazenda que possui uma diversidade de animais e conhecer o impecável centro de treinamento de cavalos Quarto de Milha. Foto: Aniello de Vita - Expressão Studio

press to zoom
Pq. Ecologico
Pq. Ecologico

Passeio ideal para quem gosta de interagir com a natureza. O espaço conta com um centro de educação ambiental e uma área de proteção ambiental, onde é possível conhecer a mata, através de caminhada e trilhas às margens do rio Paraíba do Sul. O local conta ainda com oficinas de artesanato. Foto: Aniello de Vita - Expressão Studio

press to zoom
1/6

Calendário dos principais Eventos:

Ainda não disponível

 

Onde comer:

Ainda não disponível

 

Onde dormir:

Ainda não disponível

 

Vídeo:

Ainda não disponível

 

Revista:

Ainda não disponível

 

Parceiros locais:

Ainda não disponível